sábado, 26 de maio de 2012





 
Estou maio
Me estico ensolarada
num sorriso forçado
e o frio tremente
nas bordas finas
e afiadas da alma
agora encoberta
de fina pena
impermeável.

Cai a tarde, caio em mim
desabo
com força de arrebentar
barreiras
Cedem as represas
mas não adianta
é gota a gota que transborda
a chuva dentro de mim.

domingo, 20 de maio de 2012

Efemérides




Um brinde a você
Que come abelhas
Que anda armado até os dentes
Cujo peito é lar de mil trovões

E que cospe mel
E traz sementes nos bolsos
E tece no silêncio uma canção.
Apesar de tudo.
Apesar de tantos.
Apesar de nunca saber quando...

Entrego a você a mais bela flor que tocar
meu chapéu.

E lhe desejo
Um horizonte que suporte a carga em teus ombros
Uma estrela palpitante que lhe sirva de norte
Um lugar que chamarás "meu mundo" e que sustentarás no ar
como um balão
E quando nada disso bastar
Que lhe venha a visão das coisas
estrondosamente belas, tão hesitantes, tão efêmeras...

quarta-feira, 16 de maio de 2012

A.A: Totally Broken!



 (Se alguém souber a referência desta foto avisa EDUCADAMENTE porque eu procurei e não encontrei, tranquilo?Assim fica bom para você? rs


O céu grita o sol
que se derrama claro
sob minhas dores
latentes
A lágrima clara vinca o sulco
na pele morna-escura
aragem de uma nova semente

Há um apelo vago sob camadas
translúcidas de uma angústia
ardente
Sou eu agora
insensível

doente!